Portal da Cidade Guaxupé

aLIMENTAÇÃO

Cuidar da alimentação pode ajudar a melhorar o sistema imunológico

Pesquisadores ainda não encontraram a cura para o COVID-19, mas alimentar-se corretamente pode ajudar a fortalecer o sistema imunológico.

Postado em 24/03/2020 às 11:17 |

Alimentação saudável ajuda a melhorar o sistema imunológico. (Foto: Divulgação)

Em meio à pandemia do Coronavírus, cientistas estão numa corrida para conseguir a vacina contra a doença e frear o avanço do COVID-19. Enquanto isso, resta à população seguir as determinações das autoridades de realizar o isolamento social e evitar sair de casa e ter contato com pessoas fora do círculo domiciliar. Neste período, cuidar da saúde mental e da alimentação são essenciais para aumentar o sistema imunológico.

Por ser novo, não há pesquisas na área de nutrição que indiquem quais alimentos são melhores para evitar o vírus, mas nutricionistas aconselham uso de alimentos que melhoram a resposta imunológico do corpo de uma forma geral.

De acordo com a nutricionista, e Coach de emagrecimento, Carina Jorge, existem alguns alimentos que aumentam a imunidade. Confira as dicas:

  • Use sempre comida de verdade;
  • Consuma alimentos que sejam ricos em vitamina C (laranja, kiwi, acerola, limão, pimentão e folhas verdes escuras);
  • Mantenha a hidratação;
  • Evite usar alimentos industrializados;
  • Tome um sol para melhorar a vitamina D;
  • Durma bem;
  • Faça atividade física;
  • Medite;;
  • Não consuma álcool;
  • Evite ficar na televisão ou celular próximo ao horário de dormir;
  • Utilize alimentos como própolis, cúrcuma, gengibre e limão juntos de jejum diariamente.

Ainda de acordo com a nutricionista, chás como erva doce, camomila e melissa ajudam a acalma. Temperos como salsinha, gengibre, alho, cúrcuma, pimenta preta, cebola também ajudam; consumo diário de alimentos funcionais como kefir, kombucha e iogurte também melhoram a imunidade; e evite o consumo de doces.

“Este vírus é novo, está chegando agora e o que precisamos é fazer é a prevenção da forma adequada para que possamos diminuir a velocidade da propagação dele. Com uma boa higiene, ou seja, lavar as mãos com água e sabão até próximo ao cotovelo, lavar o nariz e o rosto sempre que usar o banheiro, ao chegar da rua, antes de mexer com alimentos, antes de tocar rosto e olhos, ou seja várias vezes ao dia. O álcool em gel, deve ser usado se não houver lugar para lavar com água e sabão”, explica a nutricionista Carina Jorge.

Outra forma de prevenção é evitar o contato com pessoas: não abraçar, não beijar, não dar aperto de mão, não ficar em lugares que tenham muitas pessoas. “Ou seja, se você puder ficar em casa e só sair para fazer o que realmente é necessário, mas sem pânico de fazer estoque de comida, bebida e itens de higiene. Se possível cancele viagens, não estamos de férias e sim em isolamento social”, alerta Carina.

Grupos de risco como idosos, portadores de doenças cardiovasculares, bronquite, imunodeprimidos (transplantados, doenças autoimunes, doenças crônicas) precisam redobrar os cuidados.

“Se você não está nos grupos de risco, não quer dizer que você não tenha alguém na família, amigos ou conhecidos que não estejam, então você seguir as orientações da OMS (Organização Mundial da Saúde) significa que você está protegendo quem ama. Se o vírus se propagar nestes grupos, vamos precisar de leitos em hospitais, e se eles estiverem todos ocupados e alguém da sua família precisar por outro motivo não terá”, explica a nutricionista.

Receba as notícias através do grupo oficial do Portal da Cidade Guaxupé no seu WhatsApp. Não se preocupe, somente nosso número conseguirá fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequados. 📲 Participe clicando neste link.👈 

Fonte:

Receba as notícias de Guaxupé no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário