Portal da Cidade Guaxupé

Análise de coloração

Saiba como usar as cores a seu favor com a análise de coloração

Quente ou frio, opaco ou brilhante e claro ou profundo. Saber as cores que favorecem o tom de pele pode ajudar na hora de se vestir e maquiar.

Publicado em 17/10/2022 às 20:45
Atualizado em

Método Tonal possibilita 72 cartelas de cores. (Foto: Instagram/Thiago Casttro)

Método Tonal possibilita 72 cartelas de cores. (Foto: Carol Negrão/ Portal da Cidade)

Passando pelo feed das redes sociais, inúmeros são os vídeos em que uma pessoa usa tecidos com diferentes cores e que, como um passe de mágica a mudança de cor pode deixar a pele mais corada e brilhante. Essa é a análise de coloração pessoal. Atualmente existem dois tipos de técnicas para serem aplicadas: a sazonal expandido e tonal.

O sazonal expandido é o mais difundido e criou expressões como outono profundo, inverno suave, primavera quente e verão brilhante. Mas além dele, há a técnica tonal. Segundo o consultor de moda e estilo, Thiago Casttro, o método utilizado pode permitir inúmeras combinações de cores, ou não.

"O sazonal expandido é esse que a maioria das pessoas vê que o pessoal do instagram está trabalhando. É aquele que quando te perguntam 'qual o teu tom de pele?' você responde minha pele é uma primavera fria, ou um verão X, ou outono Y. Esse método engessa a cartela de cor. Já trabalhei com o sazonal expandido um certo período, com consultoria de imagem, mas por insatisfação, descobri o método tonal através de uma professora", explica o consultor.

De acordo com Thiago, o método tonal cria 72 possibilidades de cartelas de cores, já o sazonal, apenas 16 cartelas de cores.

" O método Tonal não te deixa tão engessado na hora de fazer, o sazonal expandido deixa todo mundo com a mesma cartela de cores. Como trabalho na consultoria de imagem o método colaborativo, que eu não vou ditando regras no guarda-roupa da pessoa, não fazia sentido usar um método que engessasse a coloração pessoal", ressalta Thiago.

Análise

A analise de coloração pelo método tonal também utiliza tecidos de diferente tons que podem apontar se o tom de pele do analisado tem alto ou baixo contrasta, mais brilhante ou opaca, quente ou fria. O ideal é fazer a análise em um ambiente bem iluminado- de preferência luz do sol.

Além das cores, a análise pode mostrar quais cores de maquiagem, cabelo e acessórios podem valorizar cada beleza.

" A maior vantagem da mulher é a maquiagem. E o acessórios também podem ajudar. Os homens também podem fazer a análise. Sabendo quais as cores valorizam o cliente, ele consegue fazer escolhas mais conscientes na hora de se vestir", ressalta.

Foi atrás dessa consciência, que a influenciadora Sarita Smargiassi fez a análise de coloração.

"Após análise de coloração pessoal eu nunca mais comprei uma roupa que eu disse depois: não combina comigo. A gente compra por impulso, por achar bonito na hora, e depois acontece de ficar lá: parado no guarda roupa", explica.

Para acertar na escolha no momento de fazer compras, Sarita tem a tabela de cores dela no celular. "Eu ando com a minha tabela de cores salva no celular e se for comprar uma blusinha, eu confirmo se tá na cartela de cores. Agora não tem erro Porque até o look mais simples me deixa mais confiante. Fora as cores que eu nunca usava, e que descobri que ficavam bem em mim. Essa foi a maior descoberta com a análise de coloração pessoal. É um guarda-roupa totalmente funcional agora", ressalta da influenciadora.

Conhecer as cores que mais valorizavam a pele também era a dúvida da jornalista Ana Carolina Negrão. "às vezes comprava uma roupa, mas não conseguia usar porque achava que ficava pálida. Me surpreendi quando descobri que minha pele era de alto contraste, viva e quente. Eu que sempre gostei de acessórios de metais em prata, comecei a ver que o dourado me valorizava ainda mais a minha pele", revela.

Veja como é feita a análise:

Fonte:

Receba as notícias de Guaxupé no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário