Portal da Cidade Guaxupé

Câmara

Câmara retoma trabalhos com críticas e cobranças ao executivo

Vereadores cobraram do executivo cumprimento das demandas feitas pela comunidade há tempos.

Postado em 12/02/2020 às 16:00 |

Primeira Sessão aconteceu na última segunda-feira (10) (Foto: Carol Negrão/ Portal da Cidade)

Major Márcio, secretário de Seguranã Pública, usou a tribuna para falar da Guarda Civil Municipal. (Foto: Carol Negrão/ Portal da Cidade)

Paulinho Beltrão apresentou projeto que inclui o Dia de Santos Reis no calendário oficial da cidade. (Foto: Carol Negrão/ Portal da Cidade)

Apesar de terem se reunido em duas sessões extraordinárias no mês de janeiro, a Câmara Municipal de Guaxupé retomou oficial a sessão legislativa na última segunda-feira (10), com a votação de três projetos, tribuna popular e críticas ao executivo.

Os vereadores aprovaram por unanimidade o projeto de lei nº05/2020 que autoriza o município a abrir crédito adicional no valor de R$467,6 mil reais. O recurso vem do superávit de 2019 da cessão onerosa do Pré-Sal. Outro projeto de autoria do executivo que foi aprovado em duas votações, o nº 06/2020, autoriza a abertura de crédito suplementar no valor de R$2.021.000,00 para a EMURB. O valor será usado para a construção de um banheiro público na Praça da Saudade e uma creche no Jardim Conquista.

O terceiro projeto de lei votado é de autoria do vereador Paulinho Beltrão, que inclui o dia de Santos Reis no calendário oficial de Guaxupé. O projeto foi aprovado por unanimidade em dois turnos. Paulinho ainda pediu para que as apresentações das companhias de Reis de Guaxupé sejam incluídas no calendário do Natal de Luz e ressaltou a importância da data para a cidade. “ Guaxupé é a cidade do Brasil com maior número de companhias e muitas pessoas de fora vêm para cá para acompanhar as apresentações”, justificou o vereador.

Críticas 

No pequeno e grande expediente, os vereadores falaram sobre problemas da cidade. O vereador Paulinho Beltrão cobrou solução para os problemas da Rua Professor Sebastião Resende, que têm sofrido com as recentes chuvas. O problema acontece por causa do fechamento de uma manilha de água pluvial em um terreno próximo ao Fórum. “ Tenho aqui um abaixo assinado com 70 assinaturas de moradores que não aguentam essa situação. Meu colega de profissão teve que ficar com a empresa dele parada por causa dessa água que desce para a rua Sebastião Resende”, cobrou o vereador.

Ari Cardoso cobrou mais uma vez a reconstrução de uma calçada, na Avenida Manoel Machado, no Parque do Convento. “ A calçada foi quebrada pela própria prefeitura há quatro anos, estamos cobrando, mas não fazem nada. Estou à ponto de eu mesmo consertar a calçada”, disse Ari. O vereador ainda cobrou providência sobre os animais abandonados na cidade e a falta de empregos em Guaxupé.  

A vereadora Maria José Cyrino aproveitou o espaço para falar sobre a prestação de serviços da Tuga e o não cumprimento da lei que garante pagamento de meia passagem para estudantes. A vereadora ainda se mostrou indignada com a resposta da Prefeitura sobre ofício enviado por ela solicitando manutenção no Campo do Planalto. Segundo o executivo, o local tem passado por manutenção frequente, fato que não foi comprovado pelo Portal da Cidade, que esteve no local nessa terça-feira (11). 

Receba as notícias através do grupo oficial do Portal da Cidade Guaxupé no seu WhatsApp. Não se preocupe, somente nosso número conseguirá fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequados. 📲 Participe clicando neste link.👈 


Fonte:

Deixe seu comentário