Portal da Cidade Guaxupé

iNTERDIÇÃO

Ponte de madeira é interditada pelo Corpo de Bombeiros e Prefeitura

Após reclamação de moradores, autoridades atestaram falta de segurança para o tráfego de veículos no local.

Postado em 14/01/2020 às 16:14 |

Bombeiros colocaram faixas zebradas para alertar para falta de segurança na ponte. (Foto: Carol Negrão)

Ponte de madeira tem mais de 50 anos. (Foto: CBMMG)

Detalhe mostra falta de segurança nas laterais da ponte. (Foto: CBMMG)

Algumas vigas de madeira estão à mostra. (Foto: CBMMG)

Acesso pelo bairro Agenor de Lima foi fechado. (Foto: CBMMG)

Acesso pela Rua Agostinho José Pallos foi fechado. (Foto: CBMMG)

A prefeitura de Guaxupé e Corpo de Bombeiros determinaram a interdição da ponte de madeira na Rua Agostinho José Pallos, que liga o Taboão ao bairro Agenor de Lima. A interdição aconteceu ontem à tarde (13), mesmo dia que o Portal da Cidade Guaxupé publicou reportagem sobre a preocupação dos moradores do local com a situação da ponte.

Confira aqui a entrevista completa.

Máquinas da prefeitura colocaram terra nos dois acessos da ponte. Na tarde desta terça-feira (14), militares do Corpo de Bombeiros estiveram no local e usaram faixa zebrada para alertar sobre a interdição. Segundo o Cabo Alexandre Ribeiro, após a chuva forte da tarde desta segunda-feira (13), a segurança da ponte ficou ainda mais comprometida. 

 “A primeira complicação é a questão da idade, essa ponte tem mais 50 anos. Ela não foi feita para comportar os veículos que nós temos hoje. A situação das madeiras, que dão sustentação à ponte está muito comprometida. Ontem (13) foi feita uma vistoria pelo nosso comandante aqui no local e pelo departamento de engenharia da prefeitura tanto para carros leves quanto para veículos pesados”, explicou o Cabo Ribeiro, do 4º Pelotão de Bombeiros Militar de Guaxupé.

Durante a reportagem, na tarde de hoje (14), foi possível perceber que motociclistas tentaram passar pelo local, apesar da interdição. “ Nós podemos perceber que os volumes das poças de água em cima da ponte aumentaram bastante e essas poças podem esconder buracos, crateras e o motociclista pode derrapar, cair, haja vista que não há segurança na lateral e é um buraco aberto até o rio, e se a pessoa cair de moto, pode ser fatal”, alertou o bombeiro militar.

Reclamação 

Desde o início das obras da ponte do Taboão, o tráfego de veículos na Rua Agostinho José Pallos aumentou consideravelmente. Motoristas usam a ponte de madeira, como rota alternativa para fugir do trânsito da Rua Mancini. Entretanto, moradores reclamam da situação: a rua é de terra, e por causa do aumento do fluxo, a poeira, lama e buracos voltaram a aparecer.

A ponte fica em um terreno particular e o acesso foi fechado pela dona da área no último dia 1º, no dia seguinte, a Prefeitura retirou as madeiras colocadas para fechar o acesso.

Receba as notícias através do grupo oficial do Portal da Cidade Guaxupé no seu WhatsApp. Não se preocupe, somente nosso número conseguirá fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequados. 📲 Participe clicando neste link.👈 


Fonte:

Deixe seu comentário